Header Ads

Zé Ramalho impede que artista local abra seu show: “não vou servir de escada a ninguém”

Caso ocorreu em Santos; apresentação já estava combinada há dois meses; produção do cantor teria se incomodado também com tempo que Gê Fernandes ocupou na TV local

Cantor Zé Ramalho (Foto: Dario Zalis/Divulgação)
São Paulo (SP) - No último dia 30 de abril, um sábado, ocorreu em Santos, litoral de São Paulo, o show de Zé Ramalho e Zeca Baleiro. De acordo com reportagem da TV Tribuna, retransmissora da Globo na Baixada Santista e Vale do Ribeira, a abertura do espetáculo seria por conta do cantor Gê Fernandes, artista bastante conhecido da noite santista.

No dia da apresentação, durante a tarde, Gê foi informado pelo produtor local que não poderia se apresentar. De acordo com ele, Zé Ramalho disse que não serviria de escada para ninguém, além de afirmar que ficou incomodado com o tempo dado ao artista pelo canal local.

“O show já estava acordado há dois meses com três bandas, a minha, do Zé Ramalho e do Zeca baleiro”, afirmou Gê. “Ensaiamos muito, nos aprontamos e no sábado, dia da apresentação, fizemos um último ensaio à tarde e, na hora de ir pro clube, liguei pro Zé Ricardo, o produtor local, e perguntei se poderia ir pro clube passar o som”.

Show cancelado

Foi então que, de acordo com o cantor, ele foi avisado que não poderia mais tocar. “Ele me disse que tinha um problema com a produção e com o Zé Ramalho. Eles não querem uma banda abrindo, pois não querem servir de escada pra ninguém”, disse. “Além disso, reclamaram também pelo fato de eu ter aparecido muito na TV. E realmente foi, pois eu sou da cidade. Eu estranhei e pensei: ‘pô, quem sou eu diante de Zé Ramalho? Eu sou um fã do Zé Ramalho, canto suas músicas, sou admirador de sua obra”, lamentou.

Gê lembrou ainda que “na mesma matéria, da TV Tribuna, o Zeca Baleiro mandou gravação falando do show e da minha banda, na boa. O problema foi com ele, o Zé Ramalho”, ressaltou.

“Fiquei muito chateado, nem fui no show, o pessoal da banda foi, mas eu não fui. Eles me disseram que o Zeca não podia fazer nada. Ele quis colocar a gente pra tocar depois dele, como forma de reparação, mas eu não estava lá. Ele não conseguiu interceder em nada, mas ele tratou muito bem o pessoal da banda e ficou surpreso com o que ocorreu”, disse ainda o Gê.

Produtor confirma história

Zé Ricardo, proprietário da Venus One Eventos, que fez a produção local do show, confirmou a história do Gê. Ele destacou, no entanto, que não teve contato algum com Zé Ramalho e que todas as restrições ao show de abertura foram passadas pelo seu empresário. “Pela primeira vez, em 40 anos de profissão, nunca aconteceu algo assim. Os artistas sempre tiram fotos com a gente, com patrocinadores. Ao contrário disso, o Zé não apareceu na minha frente em momento algum, sequer entrou no camarim, ele foi do carro pro palco e vice e versa”, disse.

A Fórum entrou em contato com a produção de Zé Ramalho, mas até o encerramento desta reportagem não recebeu resposta. Assim que chegar, ela será anexada.

Da Revista Fórum
Publicada por F@F em 11.05.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.