Header Ads

ASSISTA! Entrevista de Roberto Cabrini com modelo que acusa Neymar de estupro

“Ele me virou, cometeu o ato e eu pedi pra ele parar. Enquanto ele cometia o ato, ele continuava batendo na minha bunda violentamente", relata a modelo

O Brasil parou para assistir, na noite desta quarta-feira (5), à entrevista dada ao jornalista Roberto Cabrini, do SBT, pela modelo Nájila Trindade Mendes de Souza, autora da acusação de estupro contra o jogador de futebol Neymar Jr. O material foi ao ar como uma reportagem do SBT Brasil.

“Ele me virou, cometeu o ato e eu pedi pra ele parar. Enquanto ele cometia o ato, ele continuava batendo na minha bunda violentamente. Eu virei depois, tudo muito rápido, em questão de segundos, depois me virei”, garantiu ela a Cabrini, detalhando como a violência sexual teria acontecido.

“[Eu e Neymar nos conhecemos] através de uma rede social, no Instagram. Eu mandei uma imagem pra ele, não era um nude meu. Era um texto. E ele respondeu. Nós começamos a trocar mensagens. Depois de um tempo, ele pediu meu WhatsApp e eu passei. Meu intuito era ter uma relação sexual com ele”, admitiu.

“Eu tinha um desejo de ficar com Neymar. Quando cheguei lá, tava tudo bem, tudo legal, eu ia conseguir. Mas quando cheguei lá, ele estava agressivo, totalmente diferente daquele cara que conheci nas mensagens”, garantiu a moça, dando mais detalhes dos momentos com Neymar no hotel de Paris.

Veja entrevista


Do Observatório da Televisão
Publicada por F@F em 06.06.19, às 11h42

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.