Header Ads

PIRPIRITUBA! Vereador diz que vota contra projeto que multa cidadão em até mil reais

Carlinhos Simões pertence a bancada de oposição na Câmara Municipal de Pirpirituba

Vereador Carlinhos Simões (Foto: Assessoria)
O vereador João Carlos Castro Simões (Carlinhos Simões – MDB) disse que vota contra o Projeto de Lei 08/2019, que dispõe sobre o descarte de resíduos sólidos urbanos nos logradouros de Pirpirituba, por que o PL aplica multas de R$ 50,00 até R$ 1.000,00 (mil reais) à população do município.

Simões afirmou que a matéria tem até alguns pontos discutíveis, mas quando se parte para multar a população, isso é inconcebível. “Todo projeto que for para prejudicar o povo de Pirpirituba, eu voto contra. Nesse caso, não aceito que um trabalhador assalariado de apenas um salário mínimo, pague multas de até mil reais”.

Carlinhos faz parte do grupo de oposição na Câmara Municipal. Em pronunciamento da tribuna da Casa, Simões perguntou ao autor do projeto, o vereador Givanildo Lira de Freitas (Batatinha), como uma pessoa que ganha apenas um salário mínimo, vai pagar uma multa de R$ 1.000,00.

- Não há condição alguma de eu votar favorável. O cidadão pirpiritubense já não aguenta mais tanto imposto. O prefeito cobra o IPTU mais caro da região. Agora vem esse projeto para multar o povo. Na condição de representante do cidadão na Câmara Municipal, sou contra – acrescentou.

Contraditório - O projeto é de autoria do vereador Givanildo Lira de Freitas (Batatinha) e visa impedir e punir quem joga lixo e resíduos sólidos em vias públicas. O autor da propositura disse que o objetivo principal da matéria não é, essencialmente, onerar o bolso do cidadão, mas disciplinar a incidência de detritos nos logradouros de Pirpirituba.

Veja cópia do projeto






Da Redação/Fato a Fato com Assessoria
Em 16.09.19, às 07h3

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.