Header Ads

Detran-PB gasta R$ 4 mi com 14 terminais; Sergipe paga R$ 169 mil por 50 unidades

A verdade é que tem algo de muito esquisito ocorrendo no Detran da Paraíba...

Terminais do Detran-PB (Foto: Da Net)
A verdade é que tem algo de muito esquisito ocorrendo no Detran da Paraíba. Afora o caso das inspeções veiculares, que são realizadas com exclusividade por uma única empresa, a Renavin, o Blog recebeu farta documento, inclusive processos, revelando que o Detran contratou a Codata (que terceirizou a operação) para alugar totens com valores muito acima dos praticados em outros Estados.

Um exemplo: pela contratação de um totem (terminal de autoatendimento), o Detran de Sergipe paga uma diária de R$ 282,00. Como há 50 terminais à disposição dos usuários, o valor mensal da operação vai a R$ 14.100,00. E o custo anual do aluguel fica em torno de R$ 169 mil, o que dá cerca de R$ 3.3 mil por terminal. Pode-se dizer que é um valor civilizado.

E na Paraíba? Bem, na Paraíba, por apenas 14 totens, o Detran paga nada menos do que R$ 168 mil. Por mês. Ou seja, paga mais de dez vezes a mais para menos de um terço de terminais. Por ano, o Detran da Paraíba gastou, em um ano, R$ 3.831.704,80, ou seja, perto de… R$ 4 milhões. E cada terminal custa ao Detran da Paraíba por ano em torno de R$ 275 mil. Não tem comparação.

Tipo assim: o que Sergipe gasta por ano, usando 50 terminais, a Paraíba gasta por mês, com apenas 14 terminais. Não tinha como algo assim não chamar atenção do governador João Azevedo.

Veja quadro

Trecho do relatório obtido junto a funcionários da Codata (Foto: Blog de Helder Moura)
Do Blog de Helder Moura
Publicada por F@F em 04.10.19, às 12h55

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.