Header Ads

Manuela D’Ávila lidera intenção de votos para a prefeitura de Porto Alegre

Pelas redes sociais, Manuela comemorou o resultado da primeira pesquisa de intenção de votos para a prefeitura de sua cidade

Manuela D'Ávila (Foto: Reprodução da Net)
A ex-deputada federal, que foi candidata a vice na chapa liderada por Fernando Haddad (PT) à presidência, lidera as intenções de voto para a prefeitura de Porto Alegre tanto na pesquisa espontânea quanto na simulada

Pesquisa divulgada nesta terça-feira (8) aponta que a ex-deputada Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) lidera as intenções de voto para a prefeitura de Porto Alegre (RS). De acordo com estudo do Instituto Methodus, divulgado no jornal Correio do Povo, Manuela aparece na frente tanto na sondagem espontânea quanto na estimulada.

Na pesquisa espontânea, a ex-deputada, que foi vice de Fernando Haddad (PT) na disputa pela presidência no ano passado, é lembrada por 8% dos entrevistados, ficando numericamente à frente do deputado estadual Sebastião Melo (MDB, 6%) e do prefeito da capital gaúcha, Nelson Marchezan Júnior (PSDB, 4%). A deputada estadual Luciana Genro (PSOL) tem 2%, e a deputada federal Maria do Rosário (PT), 1%.

O levantamento espontâneo pergunta ao eleitor em quem ele deve votar, sem apresentar nomes de candidatos. Conforme o Instituto Methodus, 72% não sabem ou não responderam. Além disso, 7% dos entrevistados declaram que votarão em branco ou anularão o voto.

Manuela também é líder nos quatro cenários estimulados pesquisados em Porto Alegre. Na disputa mais apertada – e também mais improvável –, com 14 candidatos, ela aparece com 17%. Melo vêm na sequência, com 11%, seguido por Marchezan Júnior (9%), Luciana Genro (6%), Maria do Rosário (5%), Beto Albuquerque (PSB, 4%), Juliana Brizola (PDT, 4%), Fábio Ostermann (Novo, 3%), Any Ortiz (Cidadania, 3%), Thiago Duarte (DEM, 3%), Maurício Dziedricki (PTB, 3%), Ruy Irigaray (PSL, 2%), Gustavo Paim (PP, 1%) e Carlos Gomes (Republicanos, 1%). Os indecisos somam 17%, ao passo que 12% dizem que votação em brancos ou nulo.

Nos demais cenários, mais “enxutos”, Manuela permanece em primeiro lugar, indo de 20% (no cenário com sete candidatos) a 27% (com três nomes na disputa). Já Melo alterna de 14% a 22%, enquanto Marchezan Júnior oscila de 11 a 12%. O atual prefeito tem a maior rejeição entre todos os candidatos: 40% dizem que não votariam nele, ante 38% de Maria do Rosário e 33% de Manuela.

A avaliação do governo Marchezan Júnior também é majoritariamente negativa: 64% consideram sua gestão “ruim” ou “péssima”, 22% a consideram “regular” e apenas “14%” a veem como “ótima ou boa”. A pesquisa Methodus foi feita de 2 a 7 de outubro, com 800 pessoas. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais.

Pelas redes sociais, Manuela comemorou o resultado da primeira pesquisa de intenção de votos para a prefeitura de sua cidade. “Sei bem que pesquisas eleitorais registram apenas um instante na vida política da cidade. Mas confesso que a pesquisa de Porto Alegre me deixou feliz”, postou.

Da Revista Forum com Portal Vermelho
Publicada por F@F em 09.10.19, às 15h53

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.