Header Ads

De virada, Flamengo bate o Bahia e fica ainda mais próximo do título brasileiro

Com o triunfo deste domingo, Rubro-Negro abriu dez pontos de vantagem para o Palmeiras

Gabriel marcou o terceiro gol do Flamengo (Foto: Da Net)
Sem o técnico Jorge Jesus, mas com o auxiliar João de Deus, o Flamengo bateu por 3 a 1 o Bahia, que nem com a ajuda de todos os santos foi capaz de segurar o líder isolado do Campeonato Brasileiro. O Tricolor Baiano saiu na frente com Willian Arão, contra, mas o Rubro-Negro virou com gols de Reinier, Bruno Henrique e Gabigol, e deixou o estádio ovacionado pela torcida, aos gritos de 'É campeão'.

Responsável pela última derrota do Flamengo (3 a 0, na Fonte Nova, dia 4 de agosto), o time de Roger Machado voltou a dar muito trabalho. Consistente na defesa, também era muito perigoso nos contra-ataques. Já o Mais Querido, apesar de dominante, tinha dificuldade para furar a retranca. Arão, de letra, teve a melhor chance do time no primeiro tempo.

Num duelo lá e cá, o Bahia contou com a sorte para abrir o placar, aos 38 minutos. Ao dar um chutão, Marí acertou Filipe Luís e a bola sobrou para Nino Paraíba, que cruzou para Elber cabecear. Diego Alves defendeu e, no rebote, o atacante chutou forte e Arão marcou contra.

Em desvantagem, o Rubro-Negro voltou determinado a buscar a virada, enquanto a Nação dava um verdadeiro show à parte no Maracanã. O time assumiu o risco e deu espaço para perigosos contra-ataques, desperdiçados por Juninho e Nino Paraíba.

A reação começou aos oito: Gabigol, de pé direito, cruzou para Reinier — aposta de João de Deus para a segunda etapa, na vaga de Vitinho — igualar o placar de cabeça. Aos 26, Filipe Luís deu passe de trivela para Gabigol, que escorou para Bruno Henrique virar o jogo. O camisa 9 ainda deixou o seu aos 42, aproveitando rebote em cobrança de falta de Willian Arão, que acertou o travessão.

Agora, Gabriel é o maior artilheiro do Flamengo em uma edição de Brasileiro, ao lado de Zico, com 21 gols, e se isolou como recordista de bolas na rede pelo clube em uma temporada neste século, com 37.

COMEMORAÇÃO DA GALERA

A torcida, empolgada com a vantagem de dez pontos na tabela, não segurou a ansiedade. A seis rodadas do fim do Brasileiro, os primeiros gritos de 'É campeão' tomaram conta da arquibancada. Para confirmar o hepta sem depender de outros resultados, o Flamengo precisa vencer o três próximos jogos (Vasco, Grêmio e Ceará), mas o título pode vir no domingo, caso o Palmeiras tropece diante do Bahia.

De O Dia
Publicada por F@F em 11.11.19, às 01h20

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.