Header Ads

Mulher é morta com tiro na cabeça, em São Bento; ex-namorado foi preso

Ex-namorado da vítima é o principal suspeito do crime. Polícia investiga se ele teria atirado na mulher ou se teria mandado matá-la. Vítima ainda foi socorrida para hospital, mas não resistiu

Casa do suspeito tinha fábrica clandestina de água mineral (Polícia Civil)
Uma mulher foi morta com um tiro na cabeça na tarde da terça-feira (10), em São Bento, no Sertão da Paraíba. De acordo com o delegado seccional Sylvio Rabello, que acompanha o caso, o ex-namorado da vítima foi preso porque, segundo as primeiras investigações, ele estaria envolvido no crime. A vítima, identificada como Francivalda Lopes, de 32 anos, ainda foi levada para um hospital da cidade, mas já chegou à unidade de saúde morta.

Conforme Sylvio Rabello, o ex-namorado da vítima é o principal suspeito do crime, mas a polícia investiga se o homem teria atirado na mulher ou se teria mandado matá-la. “Testemunhas relataram que eles haviam terminado o namorado há algum tempo e que ele estaria inconformado com o fim do relacionamento, vivia ameaçando ela, mas ela não chegou a registrar nada na polícia”, explicou o delegado.

Após a morte da vítima, o suspeito, de 58 anos, foi localizado na casa onde morava. Segundo o delegado, no local a polícia descobriu que homem tinha uma fábrica clandestina de água mineral, com falsificação de lacres, selos e outros objetos.

O suspeito de feminicídio também foi autuado em flagrante por falsificar, corromper, adulterar produto destinado a consumo, inclusive fabricando e expondo a venda, além de outros crimes contra ordem econômica e tributária.

Ainda conforme o delegado, o suspeito já respondia por porte ilegal de arma de fogo e munições. O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de São Bento, onde permanece à disposição da Justiça.

Do G1 PB
Publicada por F@F em 11.12.19, às 11h36

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.