Header Ads

Paraibano é encontrado morto em pedreira em cidade africana

Um mistério que a Polícia Federal brasileira deverá tomar a frente das investigações, a se iniciar por investigações junto ao Consulado Brasileiro na África

Minerador Roberto Magalhães (Foto: Da Net)
Natural da cidade de Pedra Lavrada, distante 227 km da capital João Pessoa, o minerador Roberto Magalhães da Costa, 54 anos, foi encontrado morto dentro de uma pedreira, na noite da última sexta-feira (29/11), em uma cidade da África, cujo nome não foi revelado. A morte do paraibano está envolta em mistério para a família, que nas últimas 48 horas está vivendo momentos de agonia e desespero a procura de verdadeiras informações.

Pai de três filhos e residindo no Colinas do Sul, em João Pessoa, “Robertão” como era conhecido o minerador, deixou a Paraíba e o Brasil pela última vez para trabalhar no continente africano foi no mês de julho passado. As informações são de que ele teria trocado de patrão, haja vista que trabalhava com um espanhol e depois resolveu se transferir para a África, para trabalhar em pedreiros comandadas por um novo patrão.

A verdadeira causa da morte do paraibano, ainda é mistério e até o presente momento, conforme foi apurado nenhum parente se deslocou para a África no sentido de tomar as providências em relação ao translado do corpo, bem como as investigações sobre como ocorreu a morte do paraibano.

A família de Roberto Magalhães (duas irmãs), que residem em Pedra Lavrada é quem está servindo de mediação entre o atual patrão do paraibano, na África e os parentes dele no Brasil, em especial, na Paraíba. A informação mais recente que se tem é que na próxima segunda-feira (2) deverá sair o laudo pericial da morte para conhecimento dos familiares. Outra informação é a de que o corpo do paraibano chegará em 15 dias em Pedra Lavrada para velório e sepultamento.

Um mistério que a Polícia Federal brasileira deverá tomar a frente das investigações, a se iniciar por investigações junto ao Consulado Brasileiro na África.

Do ExpressoPB Com FM Rural/Por Marcos Lima
Publicada por F@F em 01.12.19, às 14h42

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.