Header Ads

Modelo gaúcha é encontrada morta no México; Ex-namarado é suspeito

O corpo foi localizado na terça-feira, em um necrotério da Cidade do México

Vanessa Vargas era promoter (Foto: Reprodução)
A modelo Vanessa Vargas Ribeiro, natural de Camaquã, foi encontrada morta na terça-feira, 4, na capital mexicana, onde atuava profissionalmente como modelo e promoter em eventos. Ela teria sido morta no sábado, 1º, mas o corpo só foi encontrado três dias depois, por familiares e amigos. O principal suspeito é o ex-namorado da jovem, Eugênio Kuri, que está foragido.

De acordo com a sobrinha de Vanessa, Kaiene Fonseca Lopes, a família perdeu contato com a modelo já no dia da morte. Uma funcionária que trabalhava com ela estranhou a falta de Vanessa e comunicou a família e amigos da jovem, que iniciaram buscas em delegacias, hospitais e necrotérios.

O corpo foi localizado na terça-feira, em um necrotério da Cidade do México. A família tentou contato com o namorado da modelo, mas as ligações foram bloqueadas pelo homem. A polícia mexicana trata o caso como suspeita de feminicídio. Imagens das câmeras de segurança do prédio vizinho teriam registrado o empresário empurrando Vanessa do terceiro andar do edifício onde ele mora.

Além disso, a família da modelo solicitou ajuda à Policia Federal e ao Itamaraty para dar inicio aos trâmites para translado do corpo. Deverão viajar para a Cidade do México a mãe de Vanessa e um amigo da família que fala espanhol.

Da Gazeta Regional
Publicada por F@F em 09.02.2020, às 20h28

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.