Header Ads

Grupo ignora orientação da OMS e defende fim do isolamento social durante carreata em JP

Nos últimos dias, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reforçou a necessidade de manter o isolamento social e da quarentena nos países

Carreata ocorreu em João Pessoa (Foto: Wscom)
Setores empresarias, comerciantes e profissionais liberais realizaram na manhã deste sábado (28), em João Pessoa, uma carreata para pedir a volta das atividades econômicas na Paraíba. A manifestação defende o fim do isolamento social após decreto do Governo da Paraíba para combater a disseminação da pandemia do novo Coronavírus, que já infectou mais de 600 mil pessoas no mundo, com 27.737 mortes.

A concentração foi feita em frente ao Liceu Paraibano, no Centro de João Pessoa, com trajeto até a Granja Santana, residência oficial do Governador.  O protesto teve apoio de grupos de direita, incluindo deputados estaduais.

A manifestação foi criticada ontem pelo governador João Azevêdo, que revelou preocupação com a atitude: “Recebi com muita perplexidade mensagens pelas redes sociais de uma carreata na Paraíba”.

Nos últimos dias, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reforçou a necessidade de manter o isolamento social e da quarentena nos países.

Na Paraíba, o número de casos confirmados chegou a 14,  sendo 10 na capital, um (01) em Igaracy, um (01) em Sousa e dois (02) em Campina Grande. O número de mortes no Brasil chegou a 92, com o total de casos confirmados de 3.417.

Do Wscom
Publicada por F@F em 28.03.2020 às 13h56

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.