Header Ads

Médicos tiram a roupa em protesto por melhores condições de trabalho na pandemia

A Alemanha soma 158.743 casos de Covid-19, com 6.128 mortes

Médicos atendem sem roupa (Foto: Extra)
Um grupo de médicos de clínica geral da Alemanha decidiu tirar a roupa e posar para fotos em um protesto contra a falta de equipamentos adequados para a proteção dos profissionais de Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Os médicos, na maioria das vezes, estão “vestidos” apenas com estetoscópio e equipamento para verificação de pressão.

O alvo é o Ministério da Saúde alemão, que, segundo, os manifestantes tem ignorado os seguidos pedidos por mais equipamentos desde que os primeiros casos de Covid-19 foram descobertos no país europeu, em janeiro.

O grupo se identifica como Blanke Bedenken (Preocupações em branco, em tradução livre) e já conta com 860 profissionais dispostos a qualquer tipo de manifestação para atingir os objetivos. Muitos deles pousaram em consultório enquanto estavam atendendo pacientes.

A Alemanha soma 158.743 casos de Covid-19, com 6.128 mortes. É o quarto país no mundo com mais registros da doença. Recentemente, o governo alemão acusou os EUA de levarem uma carga de 200 mil máscaras que seria inicialmente destinada à Europa.


Do Extra
Publicada por F@F em 29.04.2020 às 13h21

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.