Header Ads

Promotora recomenda fechamento do comércio em GBA e orienta Guaraves testar funcionários

A Prefeitura de Guarabira, até o meio da manhã desta terça-feira (05), não havia se pronunciado ainda sobre a recomendação do MP, tão pouco a empresa Guaraves também se pronunciou

Promotora Edivane Saraiva (Foto: ExpressoPB)
A Promotora de Justiça Edivane Saraiva recomendou ao prefeito de Guarabira, Marcus Diogo, a revogação do Decreto nº 77/2020 bem como o fechamento imediato do comercio da cidade.

A promotora, em entrevista ao radialista Eraldo Luiz na Rádio Integração do Brejo na manhã desta terça-feira (05), orientou o prefeito se adequar ao decreto estadual que determina fechamento do comércio nos municípios onde há casos confirmados de coronavírus.

A orientação do Ministério Público é de que o comércio seja fechado por mais 15 dias, enquanto durar o período de pico da disseminação do vírus.

O Ministério Público também encaminhou recomendação a empresa Guaraves para realização de teste em massa de todos os funcionários, independente de quem esteve com sintomas ou não. Ainda segundo a recomendação, o MP orienta dispensar os funcionários idosos e/ou com sintomas.

Segundo a promotora, não há necessidade de interdição da empresa, as medidas inciais são para testagem, mas também não descartou essa possibilidade, caso se agrave a situação.

Nos últimos dias, familiares de funcionários têm denunciados a contaminação de pessoas no interior da empresa sem que a mesma tome medidas efetivas para proteger quem lá trabalha.

A Prefeitura de Guarabira, até o meio da manhã desta terça-feira (05), não havia se pronunciado ainda sobre a recomendação do MP, tão pouco a empresa Guaraves também se pronunciou.

Do ExpressoPB com Fato a Fato
Publicada em 05.05.2020 às 12h

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.