Header Ads

Mulher é condenada após decapitar sogra e deixar a cabeça na pia da cozinha

Rachel Hilyard usou duas facas de cortar carne para assassinar a mulher. Ela foi sentenciada à prisão perpétua

A família de Micki (vítima), porém, acredita que a Rachel (acusada) seja um “monstro” (Foto: Reprodução)
Uma moradora do Kansas, nos Estados Unidos, foi condenada à prisão perpétua após decapitar a própria sogra e deixar a cabeça na pia da cozinha. O caso chocou o estado norte-americano.

Rachel Hilyard, de 38 anos, usou duas facas de cortar carne para assassinar a mãe do ex-namorado, Micki Davis, de 63 anos. O crime ocorreu em 9 de abril de 2017, mas somente nesta terça-feira (29/9) a sentença de Rachel foi decidida.

Na época, de acordo com o Daily Mail, a sogra foi à casa de Rachel para buscar pertences do filho. Micki estava acompanhada do neto que, ao ver o assassinato, correu para buscar ajuda.

Em audiência realizada na quinta, a acusada pediu desculpas à família do ex-namorado. “Acho que até a morte seria bom demais para mim agora. Todos os dias e todas as noites eu sinto muito”, disse ela.

“Pedi desculpas às muitas pessoas que conheciam e amavam Micki Davis, pedi desculpas a toda a família dela, ao neto, a todos os seus amigos, aos meus vizinhos, pedi desculpas por quem me tornei”, declarou ainda.

A família de Micki, porém, acredita que a Rachel seja um “monstro”. “Eu nunca vou superar essa raiva, eu nunca não vou ficar com raiva”, disse o filho da vítima.

Do Metrópoles
Publicada por F@F em 30.09.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.