Header Ads

PSDB de Guarabira tem divergência interna por apoio para deputado federal

São os bastidores da política de Guarabira que começam a se abrir, mostrando que nem tudo são flores dentro dele

Julian Lemos esteve na convenção do PSDB (Foto: Reprodução)
Para quem não observou ainda, fique sabendo agora. No grupo do PSDB de Guarabira há nítida divergência entre as opções de apoio para deputado federal. A eleição de 2022 não chegou, mas o tucanato guarabirense começa a expor as diferenças no que diz respeito as preferências de apoios.

A deputada Camila Toscano e sua mãe (ex-prefeita Léa) não abrem mão do apoio ao deputado federal Pedro Cunha Lima. A relação política vem desde o ex-governador Cássio Cunha Lima (pai de Pedro) com o ex-prefeito Zenóbio (falecido).

Já o prefeito Marcus Diôgo, como todo mundo vê através das notícias de sites, blogs e nas redes sociais, tem tido uma relação muito próxima ao deputado federal Julian Lemos. Semana passada, por exemplo, o gestor guarabirense e o parlamentar (ex-amigo de Bolsonaro) trocaram elogios pessoais e políticos.

O deputado federal Ruy Carneiro, também do PSDB, foi votado e continua tendo aproximação e contatos políticos com três vereadores da base aliada do prefeito Marcus Diôgo.

Como se vê, não há uma sintonia de apoio político, causando divergência entre o prefeito, Camila, Léa e alguns vereadores, a ponto de tal ambiente ter sido notado durante o palanque da convenção do PSDB.

Para Camila e Léa, apenas Pedro Cunha Lima ou até mesmo Ruy Carneiro deveriam ter sido convidados para a convenção.

Mas, para quem não viu, o deputado Julian Lemos apareceu no palanque (quem sabe a convite do prefeito Marcus), causando desconforto para a deputada e a mãe que apoiam Pedro Cunha Lima.

São os bastidores da política de Guarabira que começam a se abrir, mostrando que nem tudo são flores dentro dele.

Do Portal Independente
Publicada por F@F em 15.09.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.