Header Ads

G-9 se articula e pode eleger os próximos presidentes da CM de GBA para os dois biênios

Grupo de oposição elegeu 9 vereadores pelo PDT, MDB, CIDADANIA E PROS

Sede da Câmara M. de Guarabira (Foto: Reprodução)
O G-9, integrado pelos nove vereadores eleitos pela oposição, está se articulando e mantendo contatos entre si visando as eleições das novas mesas diretoras da Câmara Municipal de Guarabira para os dois biênios.

A informação é de fonte de alta credibilidade do meio político local que, além de confirmar os entendimentos, disse já haver negociações em torno de possível formação de chapas para 2021/2022 e 2023/2024.

Um vereador novato eleito no último dia 15 de novembro está ligando para os oito integrantes do G-9, mostrando a cada um deles a necessidade política de o grupo de oposição eleger os próximos presidentes da Câmara Municipal.

Conforme a fonte, esse vereador tem dito que em lugar algum do mundo 9 perde para 6, se referindo ao grupo do prefeito Marcus Diôgo (PSDB), que conseguiu eleger seis parlamentares.

Os parlamentares eleitos pelos quatro partidos (PDT/MDB/CIDADANIA/PROS) de oposição são: Zé do Empenho, Gerson do Gesso e Marcelo Bandeira pelo PDT, Rosane Emídio (PROS), Ramon Menezes, Saulo de Biu e Nal São José pelo MDB, Josa da Padaria e Renato Meireles pelo Cidadania.

No grupo de oposição, até agora apenas o vereador Marcelo Bandeira (atual presidente) admitiu a possibilidade de disputar encabeçar uma chapa para a Presidência da Câmara Municipal de Guarabira.

Candidato da situação - O vereador Raimundo Macedo (PSDB), reeleito em 15 de novembro pelo grupo do prefeito Marcus Diôgo, afirma que é candidato, inclusive conta com todos os cinco votos da bancada governista. 

Da Redação/Fato a Fato
Publicada por F@F em 23.11.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.