Header Ads

Jovem morre após ser agredido por vizinhos com pedra e pedaço de madeira

Leonardo Proença de Almeida teria ido até o apartamento de um casal para falar sobre agressões que o irmão mais novo, de 5 anos, estaria sofrendo pelo filho dos suspeitos

Leonardo Proença Almeida tinha 29 anos e era morador de Pilar do Sul, Zona Norte de Sorocaba (Foto: Facebook/Reprodução)
Um jovem de 29 anos morreu após ser agredido com pedra e pedaço de madeira durante uma discussão com um casal de vizinhos em um condomínio da Zona Norte de Sorocaba (SP), neste domingo (24).

Correção: O G1 errou ao publicar em reportagem que Leonardo Proença morreu após cair da escada. Quem sofreu a queda durante a confusão foi o pai dele, conforme informações do boletim de ocorrência. A informação foi corrigida às 16h30 desta terça-feira (26).

Segundo o boletim de ocorrência, registrado nesta segunda-feira (25), a vítima, Leonardo Proença Almeida, e seu pai, Milton Gomes de Almeida, foram até o apartamento dos pais de uma criança de aproximadamente 11 anos. O garoto, segundo relatado no boletim, estaria agredindo o irmão mais novo de Leonardo, de 5 anos.

Ainda conforme o registro, Leonardo e o pai já tinham tentado conversar com os vizinhos dias antes, mas sem sucesso. No último domingo (24), entretanto, a criança de 5 anos teria sido agredida novamente, o que levou Leonardo e o pai a tentarem um novo diálogo com os pais do garoto.

Ao chegarem ao apartamento, de acordo com o boletim, Leonardo e Milton foram agredidos fisicamente e verbalmente pelo casal. Durante a confusão, Milton teria sido empurrado e caído da escada.

Em seguida, ele e o pai tentaram fugir, mas Leonardo acabou sendo agredido novamente pelo casal, desta vez com uma pedra e um pedaço de madeira. Milton conseguiu voltar para o apartamento e Leonardo permaneceu sentado na portaria.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado após Leonardo se sentir mal. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Sorocaba (CHS), mas não resistiu e morreu no local.

O corpo de Leonardo foi levado para o Velório Municipal de Pilar do Sul (SP), onde a vítima morava, nesta terça-feira (26). O enterro aconteceu no Cemitério São João Batista.

O suspeito de ter dado o empurrão foi detido e encaminhado à delegacia para prestar depoimento.

Do G1
Publicada por F@F em 26.01.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.