Header Ads

Prefeito é acusado de furar fila na vacina contra a covid-19 e MP investiga o caso

O MPPB também aproveitará para apurar se alguma outra pessoa de vacinou de forma irregular em Pombal

Prefeito é vacinado primeiro (Foto: Reprodução)
O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou uma Notícia de Fato para apurar o caso do prefeito de Pombal, Abmael Lacerda, que foi o primeiro da cidade a tomar a vacina contra covid-19. Ele teria furado a fila, ao tomar a vacina antes dos grupos prioritários. A informação sobre a investigação é do promotor do MPPB, Leidimar Almeida Bezerra, que atua na área de Pombal.

De acordo com o promotor, o MPPB irá apurar se o prefeito teria direito a tomar a vacina ou se ele se beneficiou de forma irregular pela sua posição de poder. ''O plano de vacinação estabelece grupos prioritários, dentre os quais profissionais de saúde atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Esse procedimento vai investigar se o prefeito se enquadra nesse grupo, já que ele é médico, mas precisamos saber se ele atua na linha de frente no combate ao novo coronavírus'', disse o promotor.

O MPPB também aproveitará para apurar se alguma outra pessoa de vacinou de forma irregular em Pombal. Se ficar comprovado que houve benefício pessoal na vacinação, serão tomadas ''as medidas cabíveis'', de acordo com o promotor.

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, já havia informado em entrevista ao ClickPB que só o fato de o prefeito ser médico não daria a ele o direito de se vacinar, já que apenas profissionais que atuam na linha de frente têm a prioridade nessa fase.

Do ClickPB
Publicada por F@F em 20.01.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.