Header Ads

Prefeitura de João Pessoa alerta pais para importância da vacinação dos filhos

Em João Pessoa, a Rede Municipal de Saúde disponibiliza gratuitamente 18 tipos de vacina que fazem parte do calendário de rotina e Programa Nacional de Imunização (PNI)

PMJP tem vacinas para as crianças (Foto: Kleide Teixeira)
João Pessoa (PB) - A Prefeitura de João Pessoa, buscando o cuidado com a saúde da população, sobretudo de forma preventiva, alerta pais e responsáveis para a importância da vacinação de crianças. Para ter acesso às vacinas, basta se dirigir às Unidades de Saúde da Família (USF), policlínicas municipais ou ao Centro Municipal de Imunizações (CMI), de segunda a sexta-feira.

Muitos pais, devido a Covid-19, têm deixado de levar os filhos com medo da exposição. Para evitar o medo e receio, o chefe da Seção de Imunização em João Pessoa, Fernando Virgolino, explicou a importância de não negligenciar com a vacinação. “Os cuidados com a Covid-19 são fundamentais, mas também não levar os filhos para serem vacinados é um ato preocupante, tendo em vista que foi através das vacinas que muitas doenças foram erradicadas no País, a exemplo da poliomielite, surtos nos anos de 2019 e 2020, com relação ao sarampo, entre outras”, destacou.

Em João Pessoa, a Rede Municipal de Saúde disponibiliza gratuitamente 18 tipos de vacina que fazem parte do calendário de rotina e Programa Nacional de Imunização (PNI). Dentre essas vacinas, estão incluídas no registro de imunização das crianças a Pneumocócica 10, Meningocócica C, BCG, Hepatite B, Hepatite A, Pentavalente, DTP, VIP, VOP, Rotavírus, Tríplice Viral e Varicela.

Ao chegar ao local de vacinação, os pais ou responsáveis devem apresentar o cartão de vacina da criança. Em seguida, o profissional irá analisar e, então, irá ofertar a vacina. Caso a criança tenha CPF e Cartão do SUS, é importante a apresentação na hora do atendimento. Crianças iniciam o processo de vacinação desde nascimento.

Mulheres grávidas – Fernando Virgolino destacou também importância das gestantes se imunizarem. “É fundamental a gestante buscar se vacinar, pois fazendo isso irá proteger o bebê durante a gestação, que também já vai nascer com os anticorpos necessários para sua defesa”, disse.

Confira abaixo as vacinas que fazem parte do calendário de rotina do PNI:

BCG (Bacilo Calmette-Guerin) – (previne as formas graves de tuberculose, principalmente miliar e meníngea)

Hepatite B 

Pentavalente (previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por HiB)

Vacina Inativada Poliomielite (VIP) (previne poliomielite ou paralisia infantil)

Vacina Oral Poliomielite (VOP) – (previne poliomielite ou paralisia infantil)

Pneumocócica 10 Valente (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo)

dTpa (Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto) – previne difteria, tétano e coqueluche

DTP (Difteria, tétano e coqueluche)

Rotavírus (previne diarreia por rotavírus)

Meningocócica C (previne a meningite do soro tipo C)

Febre Amarela – dose única (previne a febre amarela)

Tríplice viral (previne sarampo, caxumba e rubéola)

Pneumocócica 23 Valente (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo)

Influenza – (previne contra a gripe e suas complicações)

Hepatite A 

Varicela atenuada (previne varicela/catapora)

HPV (previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais)

Dupla Adulto (previne difteria e tétano)

Da Secom-JP
Publicada por F@F em 19.04.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.