Header Ads

URGENTE! Filhos são denunciados por morte de idoso por desnutrição

Valdomiro Batista da Silva morreu por desnutrição e desidratação associada a lesões e histórico de abandono

MP denuncia filhos por morte de idoso por desnutrição (Foto: divulgação/ Prefeitura Laguna)
Goiânia (GO) - Filhos de um idoso de 83 anos, morto após abandono e desnutrição em Aparecida de Goiânia, foram denunciados pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) . O homem teria morrido por estar sujeito a condições precárias de vida. Valdomiro Batista da Silva, segundo a denúncia, estava desnutrido e era exposto em situações desumanas e degradantes, como a privação de alimentos e cuidados indispensáveis. A vítima morreu em 20 de maio de 2019.

CONFIRA! Filhos são denunciados por morte de idoso por desnutrição, em Aparecida

A denúncia foi formulada contra os filhos Valdomiro Batista da Silva Filho e Mirian Batista da Silva, e também contra o enteado, Mauro Sérgio Gomes. O documento é assinado pela promotora de Justiça Simone Diconsi de Sá Campos.

Siga-nos no Twitter @fatoafato

A vítima vivia no Parque Itamaraty, em Aparecida. O Ministério tomou conhecimento que o idoso estava sendo negligenciado pela família e realizou uma visita técnica, em agosto de 2016.

Na época,  a vítima foi encontrada cega e sem qualquer alimentação. O homem também foi estava sem qualquer condição de higiene, deitado sobre uma cama instalada em um casa. Ele subsistia com doações de alimentos e cuidados dos vizinhos. 

Valdomiro Filho era incumbido de cuidar do pai. Porém, ele não dava assistência e ainda utilizava o local, segundo a denúncia, como ponto de vendas de drogas. Mirian e Mauro iam até a casa do pai uma vez por mês com o intuito de levar parte da aposentadoria do idoso e alimentos básicos.

Com o passar do tempo, o idoso ficou cada vez mais debilitado e chegou ao ponto dele não conseguir se levantar mais ou fazer as necessidades básicas sem a ajuda de um terceiro. Por ficar sempre deixado na mesma posição, Valdomiro desenvolveu lesões por pressão que, com o passar do tempo, atingiram as camadas mais profundas da pele e culminaram em uma infecção generalizada.

Nova visita

Em 10 de maio de 2019, uma equipe realizou uma visita técnica multidisciplinar e constatou que o idoso estava numa cama sem roupas, com feridas expostas, em ambiente com fortes odores e necessitava de cuidados médicos com urgência. Na ocasião, dois amigos do filho do idosos estavam no local, mas nada faziam para ajudá-lo.

Os profissionais acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que, ao chegar no local, constatou o severo estado de desnutrição que a vítima se encontrava. Dez dias depois, ele não resistiu aos problemas de saúde e morreu.

Valdomiro Filho foi denunciado por expor o pai a perigo, físico e/ou psíquico, submetendo-o a condições desumanas ou degradantes, sujeitando-o a trabalho excessivo ou inadequado e ainda privando-o de alimentos e cuidados indispensáveis, quando era obrigado a fazê-lo. Mirian e Mauro foram denunciados pelo mesmo crime e, também, por omissão. 

Do Mais Goiás
Publicada por F@F em 08.05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.