Header Ads

Padrasto é preso suspeito de matar menino de 2 anos, em Campina Grande

Mãe da criança foi detida e está sendo ouvida pela Polícia Civil, que ainda não informou se ela permanecerá presa

Centra de Polícia Civil, em CG (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
João Pessoa (PB) - Um homem foi preso, na tarde desta quarta-feira (30), suspeito de matar o enteado de apenas 2 anos de idade, em Campina Grande. A mãe da criança também foi detida e está sendo ouvida pela Polícia Civil, que ainda não informou se ela permanecerá presa.

O garoto de 2 anos deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina, já morto, na manhã desta quarta. Ainda na unidade saúde, foram identificados vários hematomas no corpo do menino.

A criança foi levada ao local pela mãe, segundo informações do diretor do hospital, Sebastião Viana. Mesmo com os hematomas, a equipe médica não soube dizer a causa da morte do garoto. O corpo dele deve passar por uma perícia no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) da cidade.

De acordo com o delegado Francisco de Assis, o menino pode ter sido vítima de espancamento. Ainda pela manhã, a mãe da criança foi levada para a Central de Polícia Civil de Campina Grande para prestar o depoimento, que se estendeu pelo período da tarde.

O principal suspeito da morte, segundo informações passadas pela polícia, é o padrasto da vítima, que estava foragido e foi localizado no fim da tarde.

A polícia, no entanto, não informou se o suspeito confessou o crime. Mas disse que vai revelar detalhes sobre o caso durante uma entrevista coletiva para a imprensa, realizada na quinta-feira (1º).

Do G1 PB
Publicada por F@F em 30.06.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.