Header Ads

Feminicídio: mulher é morta a tiros quando estava com neto nos braços

Policiais militares encontraram vítima caída no chão enquanto a criança estava com o corpo banhado em sangue, na Vila Estrutural

Vítima tinha 41 anos (Foto: Myke Sena/Esp. Metrópoles)
Brasília (DF) - Policiais militares prenderam um homem de 33 anos, que havia acabado de um matar uma mulher, na tarde deste sábado (3/7), em uma casa no setor de chácaras Santa Luzia, na Vila Estrutural. A vítima, de 41 anos, seria avó de uma criança e estaria com ela no colo quando foi atingida pelo disparo. O suspeito foi detido, em flagrante, e levado para a 8ª Delegacia de Polícia (SIA).

Policiais militares do Curso de Formação de Praças (CFP VII) faziam ronda na região como parte do estágio operacional, quando foram informados por moradores sobre uma discussão em uma residência. Logo em seguida, os PMs ouviram o som de um disparo de arma de fogo.

Diante do caso de flagrante, os policias entram no imóvel e conseguiram deter o autor do crime. A vítima foi localizada no banheiro, já sem vida. Logo quando foi detido, o suspeito afirmou que “estava errado”.

A mulher foi encontrada morta com uma espingarda calibre 12 ao lado dela. A criança estava com o corpo ensanguentado, no colo de outra pessoa.

Os policiais presumiram que a mulher estava com o neto no colo quando teria sido atingida. O menino não sofreu ferimentos graves, mas apresentava pequenas escoriações. Ele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) onde passou por exame de corpo de delito. O Conselho Tutelar responsável pela região também foi acionado.

Ainda segundo a PMDF, a mulher vítima do feminicídio já havia sido procurada pelo Policiamento de Prevenção Orientado à Violência Doméstica (Provid), que atua em caso de violência doméstica. As equipes do Provid realizaram visitas à casa da vítima, contudo, houve a recusa para continuar com o atendimento.

Do Metrópoles
Publicada por F@F em 03.07.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.