Header Ads

Mallaguty deixa MDB de GBA, nega rancor com lideranças e enaltece Roberto Paulino e Maranhão

Em conversa com o editor de Fato a Fato, Mallaguty também não revelou detalhes de seu futuro no meio político-partidário

Armando Mallaguty (Foto: Arquivo Pessoal)
Guarabira (PB) - Em carta dirigida ao comando do partido, o ex-vereador Armando (Mallaguty) de Oliveira anunciou o fim de um ciclo de 30 anos filiado ao MDB do município de Guarabira. O empresário era o vice-presidente municipal da legenda e, ao sair das fileiras emedebista, alegou razões particulares e profissionais.

Ao editor de Fato a Fato, Mallaguty diz que sai do partido da mesma forma que entrou, ou seja, pela porta da frente. No documento enviado a advogada Roberta Paulino (presidente do MDB em Guarabira), Armando enaltece as figuras de Roberto Paulino e José Maranhão, esse último falecido.

Ao citar o pai do deputado Raniery Paulino, Armando Mallaguty diz ter tido convivência de pai para filho. “Da mesma maneira convivi com Fátima Paulino”, acrescenta o empresário. Na carta, Armando não cita rancor, revanchismo ou outros sentimentos semelhantes com as lideranças do MDB.

Em conversa com o editor de Fato a Fato, Mallaguty também não revelou detalhes de seu futuro no meio político-partidário. Em recente entrevista ao site, ele disse que teria vontade de se candidatar a deputado federal pelo município de Guarabira.

Veja cópia da carta


Da Redação/Fato a Fato
Publicada em 07.07.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.