Header Ads

Sargento PM assassina os pais sousenses e em seguida é morto pela polícia em SP

O sargento já fazia acompanhamento psicológico há muito tempo e tomava remédio controlado

Caso é investigado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), localizado no Centro de São Paulo (Foto: Reprodução)
Sousa (PB) - Por volta das 18h deste domingo (18), uma tragédia envolvendo uma família de sousenses foi registrada em um apartamento na rua Gavião Pescador, no Jardim Bonifácio, zona leste de São Paulo. Conforme informações, o sargento da reserva da Polícia Militar Edson Nogueira de Almeida, teria tido um surto psicótico e após uma discussão, matou os seus próprios pais com tiros de arma de fogo.

CONFIRA: Sargento da reserva assassina os pais sousenses e em seguida, é morto pela polícia em São Paulo

Vizinhos ouviram gritos e acionaram a Polícia Militar, que ao chegar no local foi recebida à tiros e em defesa alvejaram o policial. Tanto os pais, Francisco Almeida, conhecido por “Lorim” e sua esposa Maria Almeida, quanto o sargento, foram socorridos ao Pronto-Socorro do Hospital Santa Marcelina, na Vila Carmosina, porém devido a gravidade dos ferimentos não resistiram e vieram a óbito.

Segundo informações, o sargento, que estava afastado das suas atividades por problemas psiquiátricos, já fazia acompanhamento psicológico a muito tempo e tomava remédio controlado.

O local do crime foi isolado para serem adotados os procedimentos necessários pelos peritos da Polícia Científica. O caso deve ser investigado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), localizado no Centro de São Paulo.

Do Sertão Informado
Publicada por F@F em 19.07.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.