Header Ads

Suspeito de provocar acidente que matou motoboy segue foragido da Polícia

A reportagem tentou contato com a defesa do suspeito, mas não obteve sucesso

Ruan Ferreira é acusado de matar motociclista após dirigir alcoolizado e em alta velocidade (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - Passados 18 dias do trágico acidente que matou o motoboy Kelton Marques, em João Pessoa, a Polícia Civil ainda segue em busca de prender o jovem empresário Ruan Ferreira, apontado como condutor do veículo que trafegava a mais de 160km/h no Retão de Manaíra no momento da colisão.

Kelton estava encerrando mais uma madrugada de trabalho em 11 de setembro quando foi atingido no cruzamento da Av. Flávio Ribeiro Coutinho com a Rua Mírian Barreto Rabelo. O entregador tinha a preferência para cruzar o sinal, já que o semáforo estava verde, mas teve a viagem e a vida interrompidas por um veículo que avançou a sinalização com o triplo da velocidade permitida.

Ao Portal MaisPB, o delegado Rodolfo Cruz, responsável pelo caso, informou que até a próxima sexta-feira (01) a perícia deve concluir a análise do sinistro e entregar os laudos à Polícia Civil para conclusão do inquérito.

Cruz ressaltou que apesar das buscas, Ruan Ferreira ainda não foi encontrado, mesmo com auxílio das polícias de outros estados.

A reportagem tentou contato com a defesa do suspeito, mas não obteve sucesso.

Do MaisPB
Publicada por F@F em 29.09.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.