Header Ads

Cícero aponta esquema que pagava R$ 300 mil por mês a Secretarias da gestão Cartaxo

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quinta-feira (7), Cícero rebateu cobranças feitas por Cartaxo, mencionadas pelo apresentador Luís Torres

Prefeito Cícero Lucena (Foto: Alexandre Freire/Arapuan FM)
João Pessoa (PB) - O prefeito Cícero Lucena apontou ter havido um esquema de pagamentos de R$ 300 mil por mês em três Secretarias da Prefeitura de João Pessoa, na gestão do ex-prefeito Luciano Cartaxo, para podas de árvores. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quinta-feira (7), Cícero rebateu cobranças feitas por Cartaxo, mencionadas pelo apresentador Luís Torres.

CONFIRA: Cícero Lucena aponta esquema que pagava R$ 300 mil por mês em três Secretarias da gestão Cartaxo por podas de árvores

"Eu vou começar pelo fim. A poda de árvores. Talvez ele esteja se referindo a um contrato de locação (de equipamentos), da Secretaria de Meio Ambiente, que pagava R$ 300 mil, praticamente, por mês, para fazer poda. E tinha também na Sedurb e tinha também na Emlur. Talvez seja isso que ele esteja reclamando da poda de árvores", disparou o prefeito atual, conforme apurou o ClickPB.

Mencionando os problemas encontrados na Prefeitura de João Pessoa, quando assumiu a nova gestão, Cícero lembrou que cancelou licitação do lixo justamente por causa de irregularidades e disse que agora contrata por preço menor do que Cartaxo contratou. "Eu tenho tranquilidade, a cidade está vendo o esforço. Cancelamos uma licitação que as empresas estavam cobrando e não estavam entregando os equipamentos, tipo os contêineres da praia, não estavam usando os caminhões que tinham que usar, pois tinham entrado na licitação para colocar um caminhão com capacidade do motor de 295 cavalos (de potência) e estavam usando um de 215 cavalos. Estavam burlando a licitação e recebendo pelo mesmo preço enquanto os concorrentes cotaram o mais alto, por isso que os preços dos outros foi mais caro. Nós estamos contratando por um preço mais barato do que ele contratou em 2019, o lixo. E a cidade está limpa."

Ele também destacou que vai "fazer a licitação (da coleta de lixo), porque está em (contrato) emergencial. Vou fazer a licitação como manda a legislação agora. Inclusive colocando exigências de projetos para que o lixo seja tratado como deve ser feito, e não da forma que anteriormente era tratado. Estamos avançando nesse processo de uma forma muito simples. Agora você me acusar..."

Cícero Lucena também denunciou os problemas que foram encontrados com as escolas em obras paradas. "Quando assumimos, tinham 45 escolas em obras paralisadas. Eu explico aqui porque eu estou dando uma a duas horas de serviço por dia. Porque, nesse período, eu tive que fazer o quê? Chamar as construtoras para ver se eles iam retomar as obras. Apenas em três escolas aceitaram retomar. As outras não o fizeram. Por que não o fizeram? Porque em muitos casos pegaram uma planilha de reforma de uma escola e adotaram na concorrência para 10 a 15 escolas, como se todas fossem iguais. Fizeram a parte em que o preço estava bom e não fizeram a parte em que o preço estava mais caro. Tivemos que cancelar todos esses contratos, refazer todas as planilhas 'in loco', fizemos a nova licitação e já estamos dando as ordens de serviço de forma correta e responsável."

O ClickPB disponibiliza o e-mail redacao@clickpb.com.br para receber o posicionamento do ex-prefeito. Fato a Fato também oferece o WhatsApp (9365-1823) da redação para a versão do ex-prefeito Luciano Cartaxo.

Do ClickPB
Publicada por F@F em 08.10.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.