Header Ads

Polícia prende suspeito de estuprar menino de 12 anos e encontra material nazista

Aylton Proença Doyle Linhares foi preso em casa, em Vargem Grande. Os policiais encontraram diversos itens nazistas, como fardas, fotos, medalhas do Terceiro Reich, miniaturas, bandeiras, recortes de jornal dos anos 1950, além de nove armas, entre pistolas, revólveres e fuzis

Documento encontrado pela polícia (Foto: Divulgação)
Rio de Janeiro (RJ) - A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu nesta terça-feira (5) Aylton Proença Doyle Linhares, suspeito de estuprar um menino de 12 anos. Ao cumprirem o mandado de prisão temporária, os policiais encontraram uma farta coleção de itens nazistas na casa do suspeito.

Entre dezenas de objetos apreendidos estavam:

12 fardas nazistas;

bandeiras;

um quadro de Adolf Hitler;

recortes de jornal dos anos 1950 sobre nazismo e fascismo;

medalhas do Terceiro Reich;

miniaturas de estátuas e veículos;

um capacete militar;

além de um documento da SS, a organização paramilitar ligada ao Partido Nazista, com a foto de Aylton.

Suspeito de estupro

A investigação da polícia começou depois que um vizinho de Aylton fez um registro na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), levantando a suspeita de tentativa de estupro dentro do condomínio onde os dois moram, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio.

Os policiais apuraram que o suspeito tentava agarrar crianças dentro do condomínio. A Justiça determinou a prisão temporária de Aylton por tentativa de estupro e um mandado de apreensão, ambos cumpridos nesta terça-feira.

Por conta das armas e do material encontrado na casa de Doyle, ele também será autuado em flagrante por porte ilegal de arma e discriminação racial.

Do g1
Publicada por F@F em 05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.