Header Ads

PSDB já admite: dificilmente poderá contar com Romero

Nas conversas internas de filiados ao PSDB não há outra pergunta: “E agora, o que vamos fazer?”

PSDB vai se reunir brevemente (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - Lideranças do PSDB da Paraíba embarcam para Brasília na próxima semana com um objetivo: saber oficialmente se ainda podem contar com Romero Rodrigues (PSD), ex-prefeito de Campina Grande, como nome da oposição para disputar o Governo do Estado nas eleições do próximo ano.

O encontro é previsto para acontecer na terça-feira (26) e é tratado como decisivo para o grupo.

A maior parte dos tucanos acredita que são pequenas as chances de Rodrigues manter a candidatura contrária a João Azevêdo (Cidadania). Internamente, eles já não contam mais com essa possibilidade.

Alguns trabalham com a hipótese de que podem surpreender. Admitem composições com o senador Veneziano Vital do Rêgo (MBD) e com o deputado federal Efraim Filho (DEM), este último pré-candidato a senador.

A chapa então poderia ser: Pedro Cunha Lima governador, Efraim senador e um nome do grupo de Veneziano para vice. Mas isso não é unanimidade. A probabilidade de junção do clã Cunha Lima com Vital do Rêgo ainda precisa ser mais digerida.

Nas conversas internas de filiados ao PSDB não há outra pergunta: “E agora, o que vamos fazer?”.

O que será feito ainda não se sabe, mas eles já têm uma certeza do agora: que não dá mais para contar com Romero, o “novo aliado de João”.

Por Wallison Bezerra/MaisPB
Publicada por F@F em 23.10.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.