Header Ads

STF afasta governador do Tocantins e agentes da PF cumprem mandados

As investigações foram iniciadas há quase dois anos e reuniram um vasto conjunto de elementos

Governador Mauro Carlesse durante conferência (Foto: Ezequias Araújo/Governo do Tocantins/Divulgação)
João Pessoa (PB) - O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o afastamento do governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), por 6 meses, em uma investigação sobre suposto pagamento de propina e obstrução de investigações. A Polícia Federal cumpri mandados de busca e apreensão na residência oficial e no Palácio Araguaia, sede do governo.

“Os inquéritos, que tramitaram sob sigilo na Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indicaram a presença de indícios do pagamento de vantagens indevidas ligadas ao Plano de Saúde dos Servidores do Tocantins e a presença de uma estrutura para lavagem de ativos”, informa o STJ em nota.

As investigações foram iniciadas há quase dois anos e reuniram um vasto conjunto de elementos para demonstrar um complexo aparelhamento da estrutura estatal para a continuidade de diversos esquemas criminosos comandados pelos investigados.

“Além da obtenção de novas provas, as operações buscam interromper a continuidade das ações criminosas, identificar e recuperar ativos frutos dos desvios, resguardar a aplicação da lei penal, a segurança de testemunhas e a retomada das Instituições Públicas.”

Do MaisPB
Publicada por F@F em 20.10.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.