Header Ads

Ex-loira do Tchan cria polêmica ao assumir cargo de confiança na PRF

Concursada da Polícia Rodoviária Federal, Silmara Miranda tomou posse em novembro de 2020

Silmara Miranda (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - Ex-dançarina do grupo É O Tchan, Silmara Miranda, que passou em um concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ganhou um cargo de confiança dentro da corporação, o que causou ciúme no local.

CONFIRA: Veja a nota de Silmara nas suas redes sociais

De acordo com informações do jornal  Folha de S. Paulo, a ascensão rápida de Silmara incomodou alguns colegas da PRF. Colegas da ex-loira do Tchan afirmam que a função de chefia é ocupada por pessoas que estão há mais tempo na corporação.

“Jornalista, servidora pública federal, ex-loira do grupo É o Tchan que conquistou um distintivo e é muito feliz no que faz”. É assim que Silmara Miranda se apresenta nas redes sociais. Mas, nesta semana, a ex-dançarina teve que, mais uma vez, explicar sua função pública.

Concursada da Polícia Rodoviária Federal, Silmara Miranda tomou posse em novembro de 2020, em Florianópolis. Menos de um ano depois, em 21 de outubro passado, ela foi nomeada para um cargo de confiança no setor de comunicação social do órgão, em Brasília.

O que foi chamado por colegas de “ascenção supostamente meteórica”, fez com que Silmara reagisse às críticas. Ela usou as redes sociais para rebater os comentários.

Silmara contou que a oportunidade de transferência para Brasília foi oferecida para todos os policiais que integram o quadro da PRF, em um processo seletivo interno, divulgado em 22 de fevereiro passado. “No entanto, apenas 10 se inscreveram manifestando a vontade de morar na capital federal”, diz ela.

A ex-loira do Tchan apontou ainda que “a ausência da verdade teve o objetivo de denegrir a minha imagem e anular todo o esforço que fiz para chegar até onde cheguei”. A policial é formada em jornalismo e tem MBA em jornalismo estratégico e assessoria de imprensa.

Segundo ela, “a vontade de desempenhar um bom trabalho com iniciativa, proatividade e boa comunicação certamente ajudou na escolha para o cargo”.

Um policial, colega de Silmara, chegou a perguntar: ” O que é que ela tem que eu não tenho?” Olhe as fotos e descubra.

Do PB Agora
Publicada por F@F em 04.11.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.