Header Ads

PIRPIRITUBA: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social realiza I Encontro LGBTQIA+

Encontro teve como tema "Levantando a bandeira e quebrando tabus"

O encontro teve a participação do casal Homossexual Leydson Samuel e Genaldo, que relataram experiências vividas na aceitação familiar e social (Foto: Ascom)
Pirpirituba (PB) - O CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), juntamente com o CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), reuniu a comunidade LBTQI+ do nosso Município. O I Encontro teve como objetivo oficializar o GRUPO DE APOIO E ASSISTÊNCIA DA COMUNIDADE LGBTQIA+ DE PIRPIRITUBA, fortalecer os laços do Poder Público com a comunidade, suas reais necessidades e assim lutar por melhorias com igualdade para todos.

A Secretária de Desenvolvimento Social Valdilene Pacheco destacou a importância de estreitar o relacionamento e buscar apoio para o público LGBTQIA+, que é de extrema vulnerabilidade. “É necessário ofertar um atendimento adequado e especializado às pessoas que sofrem diariamente preconceito”.

O público LGBTQIA+ precisa ser atendido com respeito, da forma que querem ser tratados. E esse espaço ofertado pela Assistência Social é fundamental na proteção social e garantia de direitos da população LGBTQIA+.

O encontro teve a participação do casal Homossexual Leydson Samuel e Genaldo, que relataram experiências vividas na aceitação familiar e social. Esclareceram assuntos que envolvem a Comunidade de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros, para ajudar na construção de uma sociedade inclusiva e justa.

“Entender as principais questões envolvendo sexualidade e gênero, pode ser desafiador, em uma sociedade que ainda não deixou de ser preconceituosa, estamos aqui para apoiar e buscar a igualdade para todos” destacou a Coordenadora do CRAS, Osilene Pereira.

O Encontro teve a participação da coordenadora do CREAS Maria de Fátima Narciso, da Orientadora Social Miriam Targino e a da Psicóloga Hévilla Rodrigues, que apoiaram e se dispuseram a ajudar no que for necessário.

Da Ascom/Prefeitura de Pirpirituba
Publicada por F@F em 08.11.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.