Header Ads

PDT de GBA “abandona" "Felicianos" e decide votar em candidatos do PSDB e do Cidadania

Vereadores do partido vão votar em Camila Toscano e Murillo Galdino

Vereadores eleitos pelo PDT em GBA (Foto: Edição/F@F)
Guarabira (PB) – Grande parte do PDT de Guarabira decidiu “abandonar” a Família Feliciano e apoiar candidatos do PSDB e do Cidadania nas eleições de 2022. Os três vereadores do partido e a presidência da sigla em solo guarabirense não vão votar nos postulantes aos cargos de deputado federal e estadual da legenda.

Os vereadores Marcelo Bandeira, José Antonio de Lima (Zé do Empenho) e Gerson Cândido (Gerson do Gesso), eleitos pelo PDT no último pleito municipal, decidiram votar e apoiar as candidaturas de Murillo Galdino (pré-candidato a deputado federal pelo Cidadania) e Camila Toscano (pré-candidata a deputada estadual pelo PSDB).

A presidenta do PDT em Guarabira, Mônica Bandeira (esposa do vereador Marcelo Bandeira) também vota a apoia Murillo Galdino (irmão do presidente da ALPB) e Camila Toscano. O advogado Antonio Teotônio, que disputou a campanha de prefeito pelo PDT em 2020 e foi derrotado, ainda não se decidiu sobre apoio ou candidatura no pleito estadual de 2022.

Diante das decisões, inclusive já anunciadas na imprensa guarabirense, os vereadores Marcelo Bandeira, Zé do Empenho, Gerson do Gesso e Mônica Bandeira não vão votar em Damião Feliciano (pré-candidato a deputado federal) e Renato Feliciano (pré-candidato a deputado estadual) pelo PDT. 

As lideranças pedetistas em Guarabira ainda não se pronunciaram sobre a decisão tomada por Lígia Feliciano (PDT), atual vice-governadora da Paraíba, que anunciou sua pré-candidatura ao Governo do Estado em 2022.

Da Redação/Fato a Fato
Publicada em 19.12.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.