Header Ads

Policial militar é morto na porta de casa na Baixada Fluminense

Ezequias tinha 38 anos, era casado e tinha dois filhos, uma menina e um menino. Crime aconteceu no bairro Jardim Primavera, quando ele saía para trabalhar

Policial Ezequias Penido (Foto: Reprodução)
Rio de Janeiro (RJ) - Um policial militar foi morto a tiros na porta de casa, em Jardim Primavera, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O agente, identificado como cabo Ezequias Penido Rosa, estava saindo de casa para trabalhar, por volta das 5h deste domingo (6), quando foi assassinado. Ele era irmão de Valdecy Nunes (PP), vereador do município.

Segundo o Corpo de Bombeiros, agentes do quartel de Campos Elíseos foram acionados às 5h15 para a ocorrência. Quando chegaram no local, Ezequias já estava morto.

A Polícia Militar informou que uma equipe do 15ºBPM (Duque de Caxias) foi acionada para verificar a ocorrência e lamentou a morte do cabo.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) informou que já está investigando o crime e busca identificar os autores e esclarecer a motivação.

Segundo parentes da vítima, Ezequias era muito querido bairro Bom Retiro, onde cresceu, mas se mudou para Jardim Primavera por conta da violência e do crescimento do tráfico de drogas na região.

O PM tinha 38 anos, era casado e tinha dois filhos. Ele ingressou na corporação em 2011 e estava lotado na Diretoria Geral de Pessoal, adido ao programa Segurança Presente. Até a publicação desta reportagem ainda não havia informações sobre o enterro.

Do g1
Publicada por F@F em 06.02.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.