Header Ads

Prefeitura de João Pessoa anuncia investimento de R$ 150 mil no Carnaval Tradição

O montante será destinado às escolas de samba, ala ursas, tribos indígenas e aos clubes de frevo, principais agremiações que compõem o evento

Esse ano não tem Carnaval em JP (Foto: Funjope)
João Pessoa (PB) - Este ano, não tem Carnaval em João Pessoa, assim como em diversas cidades do País, mas a Prefeitura, através de sua Fundação Cultural (Funjope), abraçou a causa dos carnavalescos e vai investir R$ 150 mil, em recursos próprios, no Carnaval Tradição, além de construir uma agenda para o Folia de Rua que está sendo planejada conjuntamente. Por meio de um convênio, via Fundo Municipal de Cultura (FMC), o recurso será encaminhado à Liga Carnavalesca da Capital.

“Nós compreendemos a importância destes grupos para a cultura e tradições da cidade de João Pessoa e, por isso, mesmo em período de pandemia, decidimos garantir este apoio. Tanto o Folia de Rua quanto o Carnaval Tradição serão contemplados para que possam no próximo ano retornar com muita força e fazer o Carnaval que todos queremos”, afirmou o prefeito Cícero Lucena.

O montante será destinado às escolas de samba, ala ursas, tribos indígenas e aos clubes de frevo, principais agremiações que compõem o evento. Esta foi a forma que a Prefeitura de João Pessoa e a Funjope encontraram de garantir a manutenção dos grupos que fazem o Carnaval Tradição. A Prefeitura anunciou o cancelamento do Carnaval de rua no dia 7 de janeiro em razão da pandemia da Covid-19.

O diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, afirmou que a Fundação tem um compromisso com a cultura de João Pessoa, os agrupamentos culturais da cidade, todas as comunidades de artistas, no sentido de acolher e tentar viabilizar os projetos.

“Nós não teremos o Carnaval, mas a Prefeitura, por meio da Funjope, está abraçando, acolhendo e cuidando da manutenção das agremiações do Carnaval Tradição. Vamos investir também na manutenção simbólica do Folia de Rua com experiências culturais, pequenos shows dos artistas ligados ao evento. Iremos contratando, com a agenda positiva, ao longo do ano”, declarou.

Edson Pessoa, secretário da Liga Carnavalesca de João Pessoa, explicou que a Prefeitura vai oferecer um subsídio para que a Liga repasse a cada agremiação. Mais adiante, cada uma dará uma contrapartida em eventos que a Funjope vai realizar.

“É uma ajuda muito positiva. Num momento como este, que a comunidade artística está passando em razão da ausência dessa produção cultural, a Prefeitura vem, em boa hora, ter essa visão, e o pessoal está muito satisfeito. Estamos, junto com a Prefeitura, construindo uma nova política cultural carnavalesca e iremos futuramente ter resultados muito bons”, elogiou.

Folia de Rua – A Funjope também pensou nas prévias carnavalescas e, para o projeto, está construindo uma agenda permanente de atividades visando o desenvolvimento do trabalho durante todo o ano de 2022 com a Associação Folia de Rua. A ideia é realizar atividades como oficinas, cursos, festival de música.

Sérgio Nóbrega, presidente da Associação Folia de Rua, observou que são dois anos sem a maior prévia carnavalesca do Brasil e, nesse intervalo, a Prefeitura de João Pessoa e a Funjope têm sido grandes parceiras. A expectativa é de que em 2023, com toda a população vacinada e menos protocolos, a festa possa acontecer.

“Esse é um momento muito simbólico dessa parceria com a Funjope, descobrindo artistas, fomentando palestras, cursos, oficinas, potencializando o Folia como maior expressão popular”, ressaltou. Nóbrega lembrou ainda que já foram realizadas oficinas de máscara e estandarte.

“Recebemos o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, com um diálogo plural. É a salvaguarda do Folia de Rua sendo respeitada. Vamos ter algo mais intimista, mas sem perder a beleza. Serão eventos pontuais, emergindo aos poucos, mas fortalecendo o todo do Folia de Rua”, concluiu.   

Da Secom-JP
Publicada por F@F em 22.02.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.