Header Ads

Peão morre após cair durante prova em rodeio e ser atingido por touro

Corpo de Bombeiros informou que a vítima sofreu lesões na cabeça e foi encaminhada à Santa Casa de Martinópolis em parada cardiorrespiratória

Rodeio em Indiana, SP (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Rio de Janeiro (RJ) - Um peão, de 41 anos, morreu após ser pisoteado por um touro em uma das provas do Rodeio Show, em Indiana (SP), na noite deste sábado (19). Era o último dia do evento organizado pela Prefeitura.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros à TV Fronteira, a ocorrência foi registrada às 23h26 e a vítima sofreu ferimentos na cabeça. A corporação socorreu o homem e o encaminhou à Santa Casa de Martinópolis em parada cardiorrespiratória.

A Santa Casa informou que o homem recebeu os primeiros atendimentos na própria arena, mas chegou ao Pronto-socorro da unidade já sem vida. A vítima é moradora de Pirapozinho.

A Polícia Civil afirmou ao g1 que um inquérito deve ser instaurado para apurar as circunstâncias do acidente, bem como detalhes sobre a realização do evento.

O boletim de ocorrência de natureza morte suspeita foi registrado em Martinópolis (SP). Conforme o documento, a vítima estava participando de prova de montaria, quando sofreu uma queda do animal e foi pisoteado por ele, o que lhe provocou diversas lesões.

A vítima foi socorrida no local pelo Corpo de Bombeiros e conduzida até a Santa Casa de Martinópolis, onde já chegou sem vida.

Foi requisitado exame junto ao Instituto Médico Legal (IML).

Evento

A Comissão do Rodeio informou que todo o evento estava legalizado, dentro das normas e com alvará, bem como afirmou que todos os peões tinham seguro de vida, benefício do INSS recolhido e termo de responsabilidade assinado.

Ainda segundo a comissão, o local das provas contava com equipe médica, bombeiros civis, seguranças, entre outros profissionais de apoio. Ainda na arena foram prestados os primeiros socorros à vítima.

Ainda segundo disse a comissão, o circuito do rodeio – peões e boiada – não era responsabilidade da Prefeitura, “mas de uma empresa contratada”.

A responsável pelo circuito divulgou nas redes sociais uma nota de pesar sobre o ocorrido, onde expressou "profundo pesar pelo falecimento do competidor Márcio Barboza, o "Jipão" de Pirapozinho (SP), competidor no Rodeio de Indiana, que, na última noite, não resistiu após uma queda durante a competição".

"Neste momento de dor, o Circuito EPShow Rodeo Bull se solidariza com seus familiares por meio dessa nota de pesar. Que Deus, em sua infinita misericórdia, conforte os corações dos familiares e amigos", diz a nota.

Eventos do tipo estão previstos na Lei nº 13.364, de 29 de novembro de 2016. O texto inclui o laço, bem como as respectivas expressões artísticas e esportivas, como manifestação cultural nacional, eleva essas atividades à condição de bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro e dispõe sobre as modalidades esportivas equestres tradicionais e sobre a proteção ao bem-estar animal.

Do g1

Publicada por F@F em 20.03.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.