Header Ads

PMJP promove atividades em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down

O Centro Dia de Referência para Pessoas com Deficiência é localizado na Rua Tertuliano de Brito, 368, no bairro Treze de Maio

Atividades realizadas nesta segunda, 21 (Foto: Secom-JP)
João Pessoa (PB) - A Prefeitura de João Pessoa, por meio do Centro Dia de Referência para Pessoas com Deficiência, ofereceu, nesta segunda-feira (21), um dia diferente aos usuários, em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down. Com o tema ‘Inclusão significa tirar da invisibilidade’, o evento ofereceu atividades durante todo o dia para os usuários que frequentam o local, que é gerido pela Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc).

A programação incluiu palestra com a psicóloga Janicely Pessoa com o tema Cidadania, Inclusão, Diversidade e Síndrome de Down; desfile dos usuários com síndrome de down; exposição de fotos das atividades já realizadas pelos usuários; e uma roda de diálogo com familiares dos usuários com síndrome de down.

Aldenira Gomes é mãe do José Augusto, de 39 anos, e disse que o filho já frequenta o Centro há 5 anos, e que participa de todas as atividades que pode. “Ele já frequentou o Centro de Inclusão e agora que foi transferido para cá, ele ama. Se ele pudesse, viria todos os dias. Esse acolhimento dos profissionais e até dos outros amigos, ajuda muito ele. Ele não costuma falar muito, mas sabe se comunicar”, afirmou.

Em relação ao Dia Internacional da Síndrome de Down, Aldenira relatou que foi um susto quando recebeu o diagnóstico do filho, mas com ajuda dos familiares e orientação dos médicos, mãe e filho se desenvolveram juntos. “Quando ele nasceu com a síndrome de down, foi uma novidade para mim, mas com ele aprendi tudo. Ele é um menino muito esperto, só não desenvolveu muito a fala, mas sabe se comunicar e faz a maioria das atividades do dia a dia sozinho. Viajamos juntos, visitamos a família, e eu não tenho problema nenhum com José Augusto”, contou a mãe.

A coordenadora do Centro Dia de Referência para Pessoas com Deficiência, Renata Lauria, explicou que não têm diferença entre as atividades oferecidas para cada usuário, os cuidadores são capacitados para auxiliar qualquer necessidade que surgir. “Aqui no Centro Dia, atendemos todos os tipos de deficiência, autismo, as síndromes, inclusive a síndrome de down, deficiências físicas e intelectuais. E todos são envolvidos nas atividades. Temos musicoterapia, atividades na piscina, jogos e recreação. Além de rodas de conversa com o psicólogo e apresentações teatrais”, esclareceu Renata.

Serviço – O Centro Dia de Referência para Pessoas com Deficiência é localizado na Rua Tertuliano de Brito, 368, no bairro Treze de Maio. Atualmente, atende 80 famílias, entre essas, 12 usuários com síndrome de down, com idades entre 18 e 40 anos, mas tem capacidade para atender idosos até 60 anos.

Por Vitória Vieira e Felipe Silveira/Secom-JP
Publicada por F@F em 21.03.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.