Header Ads

IPC confirma que corpo encontrado em poço é de Júlia dos Anjos

Julia do Anjos desapareceu no dia 8 de abril, no bairro Gramame, na Zona Sul de João Pessoa

Menina foi encontrada morta (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - Foi confirmado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) revelou, nesta terça-feira (19), após a conclusão das perícias, a identidade do corpo encontrado na semana passada em um poço na Praia do Sol, em João Pessoa. De acordo com o órgão ele pertence de fato à menina Júlia dos Anjos, de 12 anos, morta pelo padrasto na residência onde moravam, na zona sul da capital.

Após uma semana fazendo os exames e testes necessários para identificar a menina, o IPC divulgou na tarde de hoje o resultado positivo do exame de DNA, comprovando que o corpo é da jovem.

O corpo de Júlia se encontra no Núcleo de Odontologia e Medicina Legal (Numol), onde foram realizados uma série de exames de identificação para comprovar a identidade. Um dos testes analisou os músculos e fez um exame via Swab. Caso o resultado não fosse conclusivo, seria feita a análise da arcada dentária.

Julia do Anjos desapareceu no dia 8 de abril, no bairro Gramame, na Zona Sul de João Pessoa. Após investigação da polícia, o principal suspeito, o padrasto Francisco Lopes de Albuquerque, de 34 anos, confessou o crime e indicou o local onde estaria o corpo da menina.

O corpo de Júlia foi retirado de um poço na Praia do Sol, no último dia 12, pelo Corpo de Bombeiros e o suspeito foi preso em flagrante. À polícia ele confessou que também cometeu violência sexual contra a jovem e que a matou por asfixia na residência onde moravam.

Na última quarta-feira (13) , após audiência de custódia, o padrasto de Júlia foi levado para o Presídio do Róger, na capital, onde ficará a disposição da Justiça.

Do Wscom
Publicada por F@F em 20.04.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.