Header Ads

OUSADIA E ALEGRIA: confira quatro opções do 69 para apimentar o sexo

Antes de tentar essas posturas, tenha algumas considerações em mente

Dicas de relacionamentos sexuais (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - A posição sexual 69 divide diversas opiniões em torno de sua prática. Existem aqueles que têm um certo nojinho de realizar um oral. Mas, também têm aqueles que amam dar e receber prazer. E para ambos os casos, lhes convido para conhecer algumas variações dessa posição, que promete dar muito prazer.

Manual de instruções

Antes de tentar essas posturas, tenha algumas considerações em mente: os envolvidos têm que ser fortes, quando for tentar a postura em pé, certifiquem-se de que estão aptos a manter a posição. Lembre-se que para atingir o orgasmo é preciso estar confortável, então, caso a postura esteja desconfortável, voltem para a cama e apostem no básico que funciona.

Por fim, antes de se aventurar, vale estar seguro que as posições mais selvagens têm seu lugar, mas ser bom ou não de cama, é uma questão de comunicação e curiosidade de aprender o que a parceria quer no sexo e conseguir expressar seus desejos.

Vamos às posturas.

Clássico 69 em pé

Para os aventureiros, essa postura é indicada. Vale o aviso: é desafiadora e cansativa. De acordo com as instruções, um parceiro fica em pé, pode usar apoio da parede, agarra o outro pelos quadris e encaixa a genital em frente ao rosto. Dá para a parceria que está invertida, usar os braços firmemente em torno do par em pé. Então, é seguir para os movimentos do oral.

Quando cansarem, modifiquem a postura e terminem na cama.

69 sentado

Experimente uma versão modificada em que um parceiro está sentado em uma cadeira ou sofá e a pessoa invertida está usando os ombros do outro e o encosto do sofá ou cadeira para suportar seu peso. De acordo com a especialista sexual, Piri Miller, da Cosmopolitan, essa segurança dará mais estabilidade para ousar na postura e assim os envolvidos podem relaxar mais e desfrutar as sensações de prazer sem se preocupar.

Parada de mão

Para ousar ainda mais, tente uma variação com uma pessoa em pé e a outra fazendo parada de mão. Assim, ao invés de apoiar os braços ao redor da parceria, ela aproveita e treina a clássica “bananeira”.

“A pessoa de cabeça para baixo pode apoiar em uma parede enquanto a outra agarra as pernas e se ajoelha para alcançar a altura apropriada para o contato boca e genital”, explicou Lori Lawrenz, psicóloga clínica especializada em saúde sexual. A dica é se concentrar em movimentos longos e suaves com a língua.

Lateral 69

Por fim, ainda é possível aderir ao clássico 69 deitado de ladinho. Nessa variação, os casais que têm diferença de altura podem aproveitar e alcançar as genitais um do outro. Além disso, é muito mais fácil usar não apenas a boca como também incluir as mãos ou alguns brinquedos sexuais.

Do Polêmica Paraíba
Publicada por F@F em 02.04.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.