Header Ads

Palmeiras é derrotado pelo Ceará por 3 a 2 na estreia do Brasileirão

Time paulista perde a invencibilidade como mandante

Ceará comemora vitória (Foto: Divulgação/Felipe Santos)
São Paulo (SP) - A noite de estreia do Palmeiras no Campeonato Brasileiro não foi a que os mais de 27 mil torcedores esperavam neste sábado, no estádio Allianz Parque, em São Paulo. Disperso em campo, especialmente no primeiro tempo, o Verdão foi derrotado pelo Ceará por 3 a 2 e viu duas séries de invencibilidade caírem de uma vez só.

A primeira foi a de vitórias seguidas na sua arena, que já era um recorde. Após a goleada por 4 a 0 sobre o São Paulo, pela final do Campeonato Paulista, o Verdão chegou a 10 triunfos consecutivos no Allianz Parque, superando a antiga marca de nove resultados positivos em sequência, obtida entre 21/10/2020 e 15/12/2020.

A outra invencibilidade que acabou foi justamente contra o Ceará. Em 16 jogos, o Palmeiras não havia perdido nenhuma vez. Foram 13 vitórias e três empates, com um aproveitamento de 81,25% por parte do clube alviverde, que havia marcado 40 gols e sofrido apenas sete.

Na segunda rodada, o Palmeiras terá pela frente o Goiás, no próximo sábado, às 16h30 (de Brasília), no estádio Hailé Pinheiro, a Serrinha, em Goiânia. Antes, nesta terça-feira, às 21h30, receberá o Independiente Petrolero, da Bolívia, pela segunda rodada da Copa Libertadores.

Já o Ceará será mandante contra o Botafogo, no próximo domingo, às 19 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza. Mas joga antes no meio de semana, pela Copa Sul-Americana, contra o Deportivo La Guaira, na terça-feira, às 19h15, na Venezuela.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 X 3 CEARÁ

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 04 de abril de 2022 (sábado)

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Márcio dos Santos e Lorival Cândido das Flores (ambos do RN)

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Renda: R$ 1.585.113,50.

Público: 27.100 torcedores

Cartões amarelos: Abel Ferreira, Danilo, Marcos Rocha, Jorge e Zé Rafael (Palmeiras); Iury Castilho (banco de reservas), Nino Paraíba, Dorival Junior, Rodrigo LIndoso, Geovane, Erick, Richard, Luiz Otávio e Mendoza (Ceará)

Cartão vermelho: Vina (Ceará)

Gols:

PALMEIRAS: Zé Rafael (aos 21min do 1º tempo) e Gustavo Gómez (pênalti, aos 49min do 2º tempo)

CEARÁ: Jorge (contra, aos 6min do 1º tempo), Mendoza (aos 13min do 1º tempo) e Lucas Ribeiro (aos 40min do 2º tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gómez, Murilo e Jorge (Rafael Navarro); Danilo, Zé Rafael (Atuesta), Raphael Veiga (Gabriel Veron) e Gustavo Scarpa; Dudu (Giovani) e Rony.

Técnico: Abel Ferreira

CEARÁ: João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio (Gabriel Lacerda) e Bruno Pacheco (Geovane); Rodrigo Lindoso, Richard (Lucas Ribeiro) e Fernando Sobral (Richardson), Lima (Erick) e Vina; Mendoza.

Técnico: Dorival Júnior

Do Gazeta Esportiva
Publicada por F@F em 10.04.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.