Header Ads

GUARABIRA! Ex-secretários ligados a grupo Toscano anunciam apoio a João Azevêdo

Jeremias Cavalcante e Aguiberto Lira eram considerados pessoas da estrita confiança do ex-prefeito Zenóbio Toscano

Ex-aliados do grupo Toscano de Guarabira anunciam apoios ao governador João Azevêdo (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Guarabira (PB) – Os ex-secretários Jeremias Cavalcante e Aguiberto Lira (Montoya), considerados homens de confiança do ex-prefeito Zenóbio Toscano (falecido), romperam definitivamente com o grupo agora liderado pela deputada Camila (PSDB) e anunciaram apoio a João Azevêdo, pré-candidato ao Governo do Estado pelo PSB.

Em reunião realizada nesta segunda-feira, 04, em João Pessoa, além de Jeremias e Montoya, o atual vice-prefeito Wellington Oliveira e o advogado Marcos Édson (ex-procurador Jurídico da Prefeitura de Guarabira) também anunciaram que vão votar no atual governador da Paraíba.

Jeremias Cavalcante e Aguiberto Lira eram considerados pessoas da estrita confiança do ex-prefeito Zenóbio Toscano. Mas, quando o pai da deputada Camila faleceu, Jeremias e Montoya perderam espaços na gestão do prefeito eleito Marcus Diôgo e foram demitidos por ele dos cargos que ocupavam na administração de ZT.

Jeremias foi presidente do IAPM, chefe de gabinete e secretário de Administração. Montoya esteve chefe de gabinete, secretário de Administração e de Planejamento. O filho de Jeremias chegou a ocupar a presidência do Instituto de Assistência e Previdência do Município, mas também foi demitido pelo prefeito Marcus Diôgo.

Em contato feito (via WhatsApp) por Fato a Fato com Jeremias e Montoya, eles disseram: “não estamos saindo do grupo. Fomos descartados”. Com a decisão, Camila Toscano (pré-candidata a deputada estadual) perde mais dois apoios para Célio Alves, que também vai disputar uma das 36 vagas da ALPB.

Com a decisão de apoiarem João Azevêdo, os ex-aliados do grupo Toscano descartam também votos em Pedro Cunha Lima (pré-candidato a governador da Paraíba pelo PSDB).

Participaram também da reunião com o governador João Azevêdo e Ronaldo Guerra, o deputado federal Gervásio Maia, o vereador Josa da Padaria, Célio Alves e o advogado Antonio Teotônio.

Da Redação/Fato a Fato
Publicada em 04.07.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.