Header Ads

Nilvan apresenta projeto do anel rodoviário na grande João Pessoa

Jornalista é candidato a prefeito de João Pessoa pelo MDB

Jornalista Nilvan Ferreira é candidato a prefeito da cidade de João Pessoa pelo MDB (Foto: Reprodução)
Nilvan Ferreira, candidato a prefeito de João Pessoa, explicou que a solução para desafogar o trânsito nos trechos das BRs 230 e 101 que passam pela área urbana da Capital é construir um anel rodoviário. Os serviços serão realizados nos trechos das perimetrais norte, sentido porto de Cabedelo, e sul sentido aeroporto Castro Pinto.

De acordo com Francisco Sarmento, professor da UFPB e coordenador da campanha, o projeto é intermunicipal e vai resolver o problema do trânsito intenso nas rodovias federais. “O anel rodoviário será composto por dois trechos, num total de 30 quilômetros. O trecho da perimetral norte vai desviar o tráfego pesado de carreatas e caminhões, sendo desviado a partir da BR-230 no final de Cabedelo sentido João Pessoa até chegar na BR-101. Já o trecho da perimetral sul vai começar no aeroporto Castro Pinto, em Bayeux, indo até o Polo Turístico Cabo Branco”, comentou o coordenador.

O primeiro a perimetral sul tem 10km de extensão e vai do aeroporto Castro Pinto, em Bayeux, passando pela BR-101, cruzando os bairros Mumbaba e das Indústrias, até chega na PB-008, no Polo Turístico Cabo Branco. “Esse trecho tem 10 km e sete quilômetros são dentro do município de João Pessoa e três quilômetros no município de Bayeux. Segue pelo trecho sul e vai encontrar com a PB-008. O maior objetivo da obra é fazer os turistas chegarem ao destino mais rápido”, enfatizou Nilvan.

Já a perimetral norte é um projeto intermunicipal por completo porque o projeto todo fica em Cabedelo. “O trecho inicia na BR-230 e vai interligar pela parte norte e faz uma espécie de anel saindo na BR-101. Todo o trafego de carretas e caminhões do porto de Cabedelo serão desviados antes de entrar em João Pessoa, na altura depois da Mata do Amém no sentido Cabedelo-João Pessoa dobra a direito e para atravessar até a BR-101 será construída uma ponte. A obra toda tem uma extensão de 20 km. O local foi estratégico por ser o mais econômico, com o custo maior na ponte para atravessar o rio”, explicou Sarmento.

Da Assessoria
Publicada por F@F em 6.11.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.