Header Ads

Marido raspou cabeça de mulher por 10 anos porque não queria que ela se arrumasse

Esses e outros abusos foram relatados em depoimento, segundo o delegado responsável pelo caso

Mulher teve o cabelo dela raspado pelo marido, pois ele não aprovou que ela o arrumasse com a ajuda da irmã (Foto: Divulgação/PM)
Goiânia (GO) - Um homem de 36 anos está sendo investigado pela Polícia Civil suspeito de agredir a esposa, de 32, e mantê-la em cárcere privado por cerca de 10 anos, em Abadia de Goiás. Segundo o delegado Arthur Fleury, recentemente a vítima teve o cabelo dela raspado pelo marido porque ele não aprovou que ela se arrumasse (e cuidasse do cabelo) com a ajuda da irmã.

CONFIRA! Marido raspou cabeça de mulher por 10 anos porque não queria que ela se arrumasse

O delegado Fleury informou ainda que o homem já foi ouvido pela polícia e que ele nega os crimes. “Ele diz que ela tem depressão e que tenta suicídio e por isso se machuca, mas que ele apenas tenta ajudar”, detalhou.

Familiares e testemunhas também foram ouvidos, segundo o delegado. Em depoimento eles informaram que a mulher é constantemente agredida, há pelo menos 10 anos. “Dessa vez raspou o cabelo dela porque não gostou que ela tivesse arrumado, com a ajuda da irmã. Mas, são vários relatos. Ele também já chegou a rasgar a boca dela por ela ter passado batom”, detalhou o investigador com base no depoimento dos familiares.

Como o nome de nenhum dos envolvidos foi divulgado, a reportagem não conseguiu localizar a defesa de nenhum deles.

Violência psicológica

Foi, inclusive, a família da mulher que denunciou o caso à Polícia Militar. Ao Mais Goiás, a equipe do Batalhão Maria da Penha informou que a mulher apresentava confusão mental no momento em que foi resgatada. “Ela ficou zonza, como se estivesse dopada. Não falava coisa com coisa, nem quando já estava na delegacia”, informou a sargento Silviane.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima deverá passar por uma avaliação psicológica, que buscará entender se a mulher tem realmente depressão ou alguma outra doença e, principalmente, o que teria provocado o abalo mental que ela apresenta.

Do Mais Goiás
Publicada por F@F em 14.05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.