Header Ads

Menina de 3 anos morre após pai forçá-la a entrar em uma banheira de água quente

Rabiha Khaled Abdel Hamid chegou a ser encaminhada para uma unidade de saúde, porém, acabou morrendo devido às queimaduras que estavam espalhadas por todo o seu corpo

Caso aconteceu na Índia (Foto: Newsflash)
Rio de Janeiro (RJ) - Na Líbia , no distrito de Ajdabiya, uma menina de três anos morreu após ter sido forçada pelo seu pai, a se sentar em uma banheiro de água quente por mais de uma hora. As informações foram apuradas pelo Metro UK.

CONFIRA! Menina de 3 anos morre após pai forçá-la a entrar em uma banheira de água quente

O pai da criança, que não teve sua identidade revelada, se encontrava irritado, pois sua filha estava com diarreia, de acordo com relatos. Conforme divulgaram os veículos de comunicação libaneses, a nome da menina de três anos seria Rabiha Khaled Abdel Hamid e ela chegou a ser encaminhada para uma unidade de saúde, porém, acabou morrendo devido às queimaduras que estavam espalhadas por todo o seu corpo.

Ela veio a óbito no dia 9 de maio e de acordo com informações do Departamento de Investigação Criminal, o pai da menina é acusado de causar ferimentos fatais. Há indícios de que ele teria batido na filha com uma corda antes de fazê-la sentar na banheira. Em seguida, ele trancou ela em quarto até as 21h.

Ao deixá-la sair, o pai da menina acatou entrar em contato com membros da família de sua esposa para levar Rabiha para um hospital, com a história de que ela se machucou ao entrar na cozinha e derramou água quente nela mesma.

Os investigadores do Departamento de Investigação Criminal questionaram os pais da menina com as provas conquistadas durante a apuração do caso e eles acabaram admitindo o crime . As autoridades constataram também que o pai seria viciado em drogas e a participação da mãe no caso ainda não está confirmada, não se sabe se ela participou da ação ou se foi questionada para permitir o incidente.

Os dois foram encaminhados para o Ministério Público local, mas não se sabe se já foram indiciados ou não. Segundo o veículo de imprensa, Al Arabiya, notícia foi recebida com manifestações da população que pede pela pena de morte para o pai e uma punição severa para a mãe.

De O Dia/IG Último Segundo
Publicada por F@F em 14.05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.