Header Ads

Mulher mais velha do mundo, japonesa completa 119 anos de idade nesse domingo

O Japão já registrou vários recordes de pessoas mais longevas do mundo

Kane Tanaka completou 119 anos (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - A pessoa mais velha do mundo completou mais um ano de vida: Kane Tanaka, do Japão, chegou aos 119 anos no domingo (2).

Houve uma cerimônia para marcar a data no asilo onde ela mora, em Fukuoka, de acordo com reportagens publicadas na mídia japonesa.

Tanaka foi reconhecida como a pessoa mais velha do mundo pelo livro dos recordes da Guinness em março de 2019. Na ocasião, ela tinha 116 anos.

Tanaka nasceu em janeiro de 1903, no mesmo ano em que, no Brasil, nasceram o artista visual Cândido Portinari e o compositor Ary Barroso.

De acordo com a agência Kyodo, a família colocou como meta fazer com que Tanaka alcance os 120 anos.

O governo do Japão tem uma data para lembrar das pessoas idosas e estatísticas sobre a população mais velha do país. Lá há mais de 86 mil pessoas que têm pelo menos 100 anos.

A grande maioria desses idosos é de mulheres. Os homens centenários são pouco mais de 10 mil.

O Japão já registrou vários recordes de pessoas mais longevas do mundo. O homem que chegou à idade mais avançada no mundo todo foi um japonês, Jiroemon Kimuro, que faleceu em 12 de junho de 2013 aos 116 anos.

A idade recorde de Tanaka é simbólica para o Japão, que, juntamente com a queda na taxa de natalidade, está assistindo a um vertiginoso aumento da sua população idosa. A questão levanta preocupações quanto a escassez de mão-de-obra e as perspectivas de crescimento econômico do país no futuro.

Segundo um estudo da ONU de 2019, a população do Japão deverá encolher 21% entre 2020 e 2050.

Do g1
Publicada por F@F em 03.01.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.