Header Ads

João determina que governo não poupe esforços para ajudar paraibanos na Ucrânia

Calcula-se que cerca de 500 brasileiros estejam na Ucrânia

Governador João Azevêdo (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - O governador João Azevêdo (PSB) determinou que a Secretaria de Representação Instituição do Governo do Estado, em Brasília, não poupe esforços junto ao Itamaraty para minimizar os impactos aos paraibanos e paraibanas que  estão na Ucrânia.

O gestor disse que o governo está à disposição para auxiliar na repatriação dos cidadãos do Estado que queiram deixar o país que por quatro dias vem sendo atacado pela Rússia. O gestor criticou o ataque russo a Ucrânia e se solidarizou com os ucranianos.

“Aproveitamos para manifestar nossa solidariedade ao povo ucraniano nesse momento e repudiar que, nos dias de hoje, força bélica seja usada para resolver um conflito, independente da sua natureza”, destacou.

Em texto publicado em sua página, a Secretaria de Representação Institucional orienta que os paraibanos que estão no país europeu e que desejem deixar a Ucrânia  busquem a Embaixada do Brasil e sigam as orientações do órgão.

“Solicitamos aos cidadãos paraibanos em território ucraniano, em particular os que se encontram no leste do país e outras regiões em condições de conflito, que mantenham contato diário com a Embaixada. Caso necessitem de auxílio para deixar a Ucrânia, devem seguir as orientações da Embaixada e, no caso dos residentes no leste, deslocar-se para Kiev assim que as condições de segurança o permitam”, diz nota postada na página  da Secretaria de Representação Institucional, em Brasília.

O governo da Paraíba disponibiliza ainda, para casos de emergência de paraibanos na Ucrânia e seus familiares o número de telefone de plantão: +55 61 991368348  e WhatsApp +55 61 991368348

Calcula-se que cerca de 500 brasileiros estejam na Ucrânia. O governo informa ainda que a  Embaixada do Brasil em Kiev permanece aberta e dedicada, com prioridade, desde o agravamento das tensões. A Embaixada vem renovando o cadastramento dos brasileiros e tem-lhes transmitido orientações, por meio de mensagens em seu site (kiev.itamaraty.gov.br), em sua página no Facebook (https://www.facebook.com/Brasil.Ukraine) e em grupo do aplicativo Telegram (https://t.me/s/embaixadabrasilkiev).

Do MaisPB
Publicada por  F@F em 27.02.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.