Header Ads

Estúdio de emissora de rádio em Guarabira é palco de confusão entre radialistas

Segundo informações, após a confusão nos estúdios, todos os envolvidos acabaram indo parar na delegacia

Estúdio da Constelação FM (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - O estúdio da Rádio Constelação FM, em Guarabira, no Agreste da Paraíba, foi palco de confusão ocasionada por conta de pedido verbal de direito de resposta. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira, 13.

O radialista e pré-candidato a deputado estadual pelo PSB da Paraíba, Célio Alves, se dirigiu até os estúdios da rádio Constelação, em Guarabira, durante programação ao vivo, ocasião em que pediu direito de resposta acerca de "uma nota mentirosa do partido (PSDB) da deputada Camila Toscano" emitida contra ele.

Imagens da confusão se espalharam pelas redes sociais com acusações da parte de Célio Alves e dos radialistas da Rádio Constelação FM.

Ainda durante o programa, um dos apresentadores diz que Célio Alves foi bem atendido, e pede para que ele respeite a programação, pois eles estavam com a secretaria de Educação nos estúdios como convidada para ser entrevistada.

Em seu Instagram, o pré-candidato afirmou: “fui agredido! Funcionários da emissora empurraram-me bruscamente para fora e proferiram palavras ofensivas e caluniosas contra mim e a minha esposa”.

Nos estúdios da emissora, apresentando jornalístico matinal, estavam os radialistas Humberto Santos, Cid Cordeiro (secretário de Comunicação da Prefeitura de Guarabira), Zé Roberto e Levi Ramos.

Segundo informações, após a confusão nos estúdios, todos os envolvidos acabaram indo parar na delegacia.

Do Polêmica PB com Fato a Fato
Publicada em 13 de julho de 2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.